A história do jeans

O tecido utilizado na produção do jeans surgiu em 1 857 na cidade francesa de Nimes. Veio daí a palavra denim.

A palavra jeans surgiu de “genes”, apelido dado pelos norte-americano aos marinheiros do porto de Gênova, que usavam o tecido inventado em Nimes em seus uniformes.

As calças jeans foram criadas pelo imigrante Levy Strauss em 1 873 para atender os garimpeiros do estado norte-americano da Califórnia. Ela foi idealizada com a intenção de fornecer uma calça de tecido resistente e que tivesse muitos bolsos para os garimpeiros guardarem suas ferramentas.

As primeiras calças foram feitas com tecidos na época utilizados como lona para cobrir barracas.

O sucesso do recém-inventado jeans foi tamanho que em já em 1 873 Levi Strauss vendeu 1 800 calças.

O jeans demorou a ser usado no dia-a-dia e sua popularização só ocorreu no século XX.

A Levi Strauss, empresa do criador do jeans, foi fundada em 1 853, portanto, 20 anos antes do surgimento da mitológica calça. A Levi Strauss ficou conhecida no Brasil graças à marca Levis

O modelo de calça jeans mais antigo é o Levis 501.

O primeiro estilista a colocar o jeans na passarela foi o norte-americano Calvin Klein, na década de 70.

O jeans sempre foi produzido com denin, um tipo de tecido de algodão em que os fios do urdume (longitudinais) são tingidos com corante vegetal índigo – a cor entre o azul e o violeta.

No princípio o jeans não era do tipo índigo, mas de uma cor entre o bege e o marrom claro.

O Brasil é um dos maiores produtores e consumidores de jeans do mundo.

Resultado de imagem para look jeans feminina

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *